Editora Metrics

Boas Práticas De Laboratório De Plataforma De Leite Cru De Cooperativas Da Região Das Missões

As Boas Práticas de Laboratório são regras que devemos seguir para realizar trabalhos em laboratório, ou seja, são as normas e procedimentos que vão nos orientar quanto a organização e as condições sob as quais devemos realizar as análises. Desta forma, garantimos não só a segurança, mas também a do ambiente de trabalho além da correção dos resultados desejados. Como estas normas devem estar registradas em um Manual de Boas Práticas de Laboratório (BPL), surgiu a demanda de uma Cooperativa da Região das Missões do Rio Grande do Sul para o projeto do "Centro de Apoio ao Desenvolvimento de Produtos e Processos de Leite (CADEPPL)" de elaborar um Manual de BPL onde estejam descritos os procedimentos de análise e de limpeza de materiais e equipamentos e as medidas de segurança nos trabalhos em laboratório. 

Download/Compra
Preencha o formulário abaixo, e o livro digital será enviado para o seu email





Opcional: Caso deseje contribuir com um valor simbólico, pode fazê-lo através da seguinte chave PIX: (55) 99661-7792


Sumário

Introdução

1 Coleta de Leite a Granel e Coleta de Amostras
1.1 Carro com tanque isotérmico para coleta de leite a granel 
1.2. Procedimentos de coleta
1.3 Antes da coleta do leite o motorista deve
1.4 Recepção e descarregamento do leite 
1.5 Descarregamento do leite 

2 Laboratório de Análises Físico-Químicas
2.1 Boas Práticas de Laboratório
2.2 Análises Físico-Químicas 

3 Análises da Recepção do leite27
3.1 Determinação de Alizarol/Álcool
3.2 Determinação da acidez 
3.3 Determinação da densidade 
3.4 Determinação de gordura 
3.5 Extrato seco total (%) e Extrato seco desengordurado 
3.6 Crioscopia 
3.7 Método de Redutase 
3.8. pH 
3.9 Detecção de Antibióticos 

4 Análises para a Detecção de Fraudes
4.1. Conservantes
4.1.1 Peróxido de Hidrogênio
4.1.2 Cloro e Hipoclorito
4.1.3 Formoldeído
4.2 Alcalinos (Neutralizantes) 
4.2.1 Método A: Ácido Rosólico
4.2.2 Método B: Fenolftaleína 
4.2.3 Soda (Hidróxido de Sódio)
4.3 Reconstituintes
4.3.1 Álcool Etílico Residual
4.3.2 Amido
4.3.3 Cloretos
4.3.4 Açúcares

5 Provas Higiênicas para Leite In Natura
5.1 Urina

6 Análise da Concentração das Soluções de Limpeza (CIP)
6.1 Análise da concentração da solução de soda 
6.2 Análise da concentração da solução de ácido nítrico

7 Equipamentos e Vidrarias Utilizadas
7.1 Crioscópio 
7.2 Banho-maria 
7.3 Blocos de aquecimento 
7.4 Centrífuga 
7.5 pHmetro 
7.6 Termômetros 
7.7 Vidrarias 
7.8 Ekomilk M e Ekomilk Total (analisadores de leite por ultrassom) 

8 Reagentes Utilizados

9 Descarte de Resíduos

10 Procedimento de Higienização dos Tanques e Silos do Posto de Leite
10.1 Limpeza diária intercalando com hidróxido de sódio e   ácido nítrico

11 Padrão para Recebimento da Matéria Prima

12 Anexos

13 Referências

Sobre os autores


Ficha Técnica

Completar

Autores